Ruiva Seduz Mecânico Arrombador de Buceta

Sempre tive tara por mecânicos sujos, e tinha um na minha rua que só por Deus, de tão gostoso e lindo. Ele era um Galego alto, com cara de safado, e toda vez que eu passava ele ficava me comendo com os olhos.

Ruiva Seduz Mecânico Arrombador de Buceta

Aquele olhar dele já me deixava com tesão. Toda vez que eu passava pra ir à academia, de calça bem colada no corpo, marcando bem a bunda e principalmente minha enorme buceta, ele ficava me olhando.

 

Minha buceta, por ser tão grande e inchada, toda vez que coloco uma calça colada, fica aquele inchaço na frente, fazendo uma leve repartição entre os lábios. E como deixo ela sempre bem lisinha e aparadinha, dá pra ver direitinho a divisão através da calça.

 

Enfim, toda vez que eu passava na frente do serviço dele, não saia nada além de elogios. Mas só ficava nisso. Mal sabia ele que tudo que eu mais queria nessa vida era dar muito a buceta pra ele, que eu já não aguentava mais de tanto tesão.

Ruiva Seduz Mecânico Arrombador de Buceta

Um certo dia liguei na oficina e como homem acha que mulher não entende de carros, liguei desesperada pois não conseguia desarmar o alarme do carro. Passaram-se uns 10 minutos e ele ligou, meio já sabendo quem era, pois os olhares não negavam.

 

Tomei um banho gostoso, e não parava de pensar nesse momento que eu esperava por tantos meses. Eu estava morrendo de tesão. Coloquei uma calcinha branca bem atolada no rabo, que por sinal já estava meladinha na frente, coloquei uma saia preta bem justa e uma blusinha de alcinha, roxa com um decote gigante valorzando meus seios fartos, e detalhe, sem sutiã, pra deixar meus seios à mostra.

Ruiva Seduz Mecânico Arrombador de Buceta

Meu corpo já não escondia os sinais do meu desejo. Pela blusinha se podia ver meus biquinhos durinhos apontando pra frente. Tenho os seios médios, nem grandões e nem pequenos. Acho que no tamanho ideal pra dar uma bela chupada neles.

 

Chegou o momento ele tocou a campainha e foi examinar o carro e logo resolveu o problema alegando que não me cobraria nada pois nem mesmo havia tido trabalho. Conversa vai, conversa vem, falei pra ele que meu maior desejo era transar com ele.

Ruiva Seduz Mecânico Arrombador de Buceta

Ele ficou sem graça e nos beijamos loucamente. Fazia tempos que eu não dava aquele beijo gostoso de língua. Fiquei muito mais excitada do que já estava antes. Ele passou a mão por cima da minha blusinha e apertou meus seios, e começou a massageá-los com força, por cima da blusa.

Ruiva Seduz Mecânico Arrombador de Buceta

Nesse momento eu segurei aquele pauzão, que já estava explodindo pra fora da calça de tão duro. Eu sentia ele latejar na minha mão. Fiz movimentos de sobe e desce com a mão, mas a calça jeans não permitia direito. Foi aí que eu abri o zíper, e vi aquela cabecinha moreninha saindo pelo ladinho da cueca toda babada.

Ruiva Seduz Mecânico Arrombador de Buceta

Passei a língua na cabecinha, só na cabecinha. Depois de alguns segundos não resisti e engoli aquele mastro todo. Chupei bastante, suguei com força, mamei com toda vontade do mundo aquele pauzão moreno, grosso e cheio de veias. A pica dele estava latejando na minha boca. Que delícia!!!

Ruiva Seduz Mecânico Arrombador de Buceta

Tirei a minha blusa e ele chupou meus seios com vontade. Depois tirei a calça e abri bem minhas pernas. Ele botou minha calcinha de ladinho e passou a língua no meu grelinho, de leve, depois com movimentos rápidos. Ele chupava e chupava minha buceta, e eu rebolava na cara dele, pois eu já estava quase gozando.

 

Mas eu não queria gozar rápido assim.

– Me come, seu safado!!! Mete essa pica na minha buceta logo!!! – não aguentei mais e falei.

Foi aí que eu abri bem as minha pernas e ele veio com aquele mastro latejando e enfiou na minha buceta.

– Uhhhhhhhhhhhh… que delíciaaaa… que pau gostosoooo… mete bem fundo… meteeeeee!!! – falei entre gemidos.

 

Ele meteu, meteu com força, sem dó. Eu gemia e gritava feito uma cadela no cio. Trocamos de posição e me sentei no colo dele, rebolando bem gostoso naquela pica dura e quente.

Ruiva Seduz Mecânico Arrombador de Buceta

Eu rebolava enquanto meus seios pulavam e ele beliscava meus biquinhos.

Pulei sem dó naquela pica, e sentia ele rasgando minha bucetona gorda. Não aguentei mais e anunciei que eu iria gozar. Eu gemia muito, e minhas pernas ficaram bambas.

Depois de gozar eu fiquei quietinha sentada na rola dele e com a minha cabeça apoiada em seu ombro. Acho que cochilei uns 10 minutos enquanto ele fazia um carinho nos meus cabelos.

Ruiva Seduz Mecânico Arrombador de Buceta

Acordei com o pau dele duro pulsando dentro da minha buceta.

– Quer meter mais? – ele me perguntou depois de me dar um longo beijo na boca.

– Você veio aqui pra isso, não foi? – respondi toda dengosa.

 

Não precisei falar mais nada. Em segundos ele me botou de quatro, e começou a lamber meu cuzinho, que estava piscando pra ele.

Ele chupou bastante meu rabinho e enfiou um dedo, depois dois. Quando vi, ele já estava metendo a rola dele sem dó. O safado não teve dó mesmo, pois eu pedia pra socar com força mesmo.

Ruiva Seduz Mecânico Arrombador de Buceta

Ruiva seduz mecânico arrombador de buceta

Ele bombava demais, e seus gemidos me deixavam louca. Foi aí que ele falou que iria gozar no meu cuzinho. Eu disse pra ele que ele deveria era gozar na minha boca. Meu deusssss!!! Eu estava louca pra provar aquele delicioso leitinho quente.

Ruiva Seduz Mecânico Arrombador de Buceta

E ele gozou. Ele segurou minha cara pra eu não tirar o rosto, e encheu a minha boca de leitinho. Cuspi em cima do pau dele aquela porra toda. Por fim terminamos e fomos embora.

Ruiva Seduz Mecânico Arrombador de Buceta

E eu aqui tô quase gozando já, só de relatar isso a vocês. Bom, gente, depois desse dia nos encontramos novamente, só que num motel. Mas aí conto outro dia. Espero que tenham gostado, pois o que eu disse foi real. Beijos

Ruiva seduz mecânico arrombador de buceta

Votem neste conto em seguida deixe seu numero de whats as novinhas que estão lendo este conto agradecem!

45701
-
100%
Rates : 33270
Related videos
1 comment
    Responder
  1. rodrigo / 1 de abril de 2017

    Muito bom história bacana bem empolgante de siver show

Deixe seu comentário