Novinhas do Whatsapp gravam Suruba e muita Putaria

Novinhas do Whatsapp gravam Suruba e muita Putaria

 

Meu nome é Raquel e hoje sou eu quem vai relatar o que nos aconteceu na semana passada, mais precisamente na sexta-feira. Quem leu conto em que fui enrabada pelo chefinho deve saber que todas as quintas-feiras eu libero o cuzinho para ele, e vou dizer-lhes uma coisa, quando iniciamos essa história de sair com outros homens, nunca imaginei que me tornaria uma verdadeira puta. Não que acho que ele seja corno, pois foi tudo combinado previamente, mas no sentido de estar amando ser enrabada por homens diferentes. Até hoje já foram 29 pirocas.

O que mais amo nessa história é saber que tenho feito o meu maridinho feliz. Foram 5 anos de casamento comum, onde nenhum traiu ao outro, mas também o sexo não era nem 10% do que é hoje. Hoje quando ele me pega para fuder, ele soca como se estivesse comendo uma puta, com muita vontade, com muito tesão. E é por isso que continuaremos aprontando por ai. Na hora que esse fogo abaixar voltamos para nossa vidinha de casado como qualquer outro.

 

Vou relatar o que nos aconteceu na quinta-feira. Dia que combinei com o meu chefe que ele iria me enrabar gostoso. Cheguei cedo, com um vestidinho leve, sem calcinha, e se reparasse bem, tem certeza que daria para ver que estava sem. Vi que a homarada do estoque ficava doido quando passava perto deles. Mas esse corpinho não era para o bico deles. Kkkk. Não ainda.

 

Estava com um fogo só na bucetinha. Meu maridinho tinha raspado ela todinha a noite anterior, para ficar bem lisinha para o chefe. Se bem que o que ele estava querendo era o meu cuzinho. Ele passava por mim e fazia de conta que não tinha combinado nada comigo. E de vez em quando passava por mim e me apertava a minha bunda, vez ou outro enfiava o dedo no meu reguinho. Aquilo foi me dando uma cio, mas um cio, que se pudesse dava para ela ali mesmo na recepção. E é claro que ia atualizando do meu corninho (carinhosamente falando) de tudo que ia acontecendo.

 

Depois do almoço meu chefe me chama a sala dele, lá pelas 2 horas:

– Tenho uma proposta para te fazer.

– Pode fazer chefinho.

– Contei de você para um grupo de amigos e eles ficaram doido para te conhecer. Falei que tinha combinado de te enrabar hoje. E se vc quisesse poderíamos ir a um AP de um deles para uma festinha mais reservada. Serão 8 ano todo. E é claro, o que mais deixou eles doidos é saber que o seu maridinho não sabe de nada. O que eles querem é foder uma mulher casada, portanto o trato seria vc ligar para o corninho de vez em quando enquanto eles te enrabam.

O que você me diz.

 

Confesso que fui pego de surpresa. Iria dar para uma apenas e agora seriam 8 machos. Não que eu não aguentasse ou não quisessem 8 rolas, pois fiquei só imaginando a chuva de porra nos meus peitinhos, acontece que fiquei com medo, pois não conhecia essa homarada toda. Como ele viu a minha casa de surpresa foi me acalmando.

– O pessoal é tudo gente boa, a maioria casado, mas que como minha esposa não dão o cuzinho, então sobe como é,precisamos recorrer a outras formas, né. Pode deixar que eu cuidarei de sua segurança. Te leve e te trago tranquilamente.

– Tá, se o senhor garante eu topo. – A essas horas aminha bucetinha já estava escorrendo de tanto tesão.

– Vamos fazer o seguinte. Vc sai agora para o shopping e compra roupinhas: cinta-liga, essas coisas que homem gosta de ver.

 

Para fazer um streeptese para esse homarada toda. Fizemos uma vaquinha e pedi R$ 300,00 para cada, portanto serão R$ 2.100,00 para você gastar. O meu claro fica na faixa pela indicação.

Caralho. Era quase o meu salário só para comprar roupinhas. Como home pode ser tão safado mesmo. Peguei o dinheiro, mas não antes mostrar para o chefio como ele tinha me deixado.

– Oha chefinho. – levantando a parte da frente do vestido – Como você deixou a minha bucetinnha. Toda molhadinha querendo rola dura e grossa. – E passando o dedinho nela, esfreguei o caldinho no seu nariz. – Sei que isso deixa qualquer homem doido.

 

Ele respondeu. – Se prepara, porque ela vai ter muita pica para amansar hoje. Kkkk

– Quero ver mesmo, porque eu gosto é de pica bem dura e grossa e muito chuva de gala no final, heim… Não vão me decepcionar.

 

Sai toda animadinha e fui logo contando pelo Watsap para o meu maridinho a proposta, e o danado ficou todo assanhadinho.

Aproveitei e antes de sair passei no banheiro e fotografei a periquita toda meladinha. E ele me retorno me chamando de puta, safada, galinha, vaca, cadela, chupadora de pica, agasadora de rola e muito mais. Sei que nessa hora a pica dele deveria estar dura como ferro. E o que amo nisso tudo é fazer o meu corninho excitado, na verdade o que gosto nisso tudo é saber que os machos com quem transo ficam doidos, principalmente sabendo que sou casada, parece que isso é afrodisíaco para vocês. Amo quando vcs socam com tudo lá no fundo da buceta ou do meu cú. Sentindo as rolas roçarem meu rabo, deixando vcs igual a cachorro quando monta em cima de uma cadela.

Novinhas do Whatsapp gravam Suruba e muita Putaria

Adoro deixar vcs todos assim, e no final sentir aquele leitinho quente esparrando pelo meu peitinho. E ainda saber que esse sempre foi o sonho do meu corinho. Kkkk. Tudo mundo sai feliz no final.

 

Fui as compras, e como sabia que tinha um sex-shop perto do shopping fui direito lá. Comprei um uniforme de secretaria top, um echarpe de oncinha, um plug anal com calda de raposa e um consolo de 27 cm (maior do que tenho em casa), passei ainda no shopping para comprar uma bota com o salto bem alto, pois home adora mulher de salto. Engrassado que o vendedor do sex-shop era gay e percebeu de pronto que eu estava sem calcinha, contei a ele tudo que ia acontecer e ele me deu maior força, vai mesmo, aproveita vida porque ela é curta.

 

Retornei no horário combinado, 17:00h. Fomos direto ao apartamento e ainda não tinha ninguém. Era um ap limpíssimo, acho que ninguém morava lá. Ou era alugado ou era usado só para isso mesmo. Para os homens levarem prostitutas para festa. A sala era bem ampla, com uma mesa de centro de madeira branca bem grande, uma bela televisão que quando ligamos já iniciamos em um desses canal pornô. E como sempre tava lá um negão enrabando uma loirinha. Como esses homens tem tara de ver mulher sendo enrabado por negões, né? No quarta somente uma cama king size. Tudo em branco. Inclusive os tapetes da sala, dos quartos. Parecia que estava-se no céu.

 

Meu chefinho foi logo falando: – Vai se aprontar naquele banheiro ali.

Entreguei no banheiro e me deparei com um paraiso, uma banheira enorme, dois chuveiros. Tudo muito branco e novo. Tirei o vestidinho básico, coloquei a fantasia de secretaria, inclusive com os óculos, que uso normalmente. Coloquei o plug anal no meu rabinho e ficava dependurado um rabinho bem fofinho de raposa. Vcs sabem que fico doida quando coloco um plug no cuzinho. Vou ficando excitada, e cada vez mais excitada.

– Logo chegaram os convidados com cervejas e alguns petistos. Todos de terno e gravatas, e muito amáveis, fui apresenta um a um com a esposa do XXX. Como se nada fosse acontecer ali. Ficamos ali conversando baboseira por uns 30 minutos enquanto na televisão já estava em outro filme. Agora de Gang-bang. Muita pica em uma única mulher.

 

Dali a pouco um deles me fala:

– Vamos começar. O seu chefe lhe disso o trato, né?

– Sim.- respondi, e toda meladinha e louca para começar logo.

– Então. Vc deve ligar para o corninho agora avisando que chegará mais tarde, que precisa fazer uns relatórios para o chefinho. E de hora em hora, enquanto a gente te enraba vc deve ligar para ele avisando que ainda não terminou, que vai demorar mais um pouquinho.

– Claro. – Mal eles sabiam que meu corninho já sabia de tudo e já tinha consentido. Mas se falasse estragava a festa deles.

Peguei o telefone e liguei para meu maridinho que deveria estar ansioso aguardando a ligação.

– Mor, tudo bem. Vou ter que ficar mais tarde aqui no trabalho para terminar umas coisinhas para o chefe. Tudo bem.

– Tudo mor. Pode trabalhar tranquila. Estarei em casa te esperando.

– Tá mor. Não precisa me esperar para jantar não, tá. Pode comer o que estiver aí. Quando chegar eu vejo, tá. Te amo muito

amorzão. Quando chegar ai quero ver essa minha rolinha bem dura. Tá. – Falava isso para deixar todo mundo de pau duro, tanto o meu marinho quanto todos aqueles homens.

– Minha cetinha tá molhadinha só de imaginar vc dentro dela.

– Assim vc me deixa de pau durinho morzinho. Manda uma fotinha da sua xotinha pro maridão, manda.

– Claro mor, pode esperar que assim que der vou no banheiro e te mando.

 

A homarada em silencia ouvindo a conversa e tomando cerveja. Quando desliguei foi únanime. – Vc é muito putinha mesmo.

Vamos logo mandar a foto dessa xaninho pro corno bater a punheta dele tranquilo.

 

Foram logo me segurando e abrindo as minhas pernas no colo deles, 2 de cada lado me segurava enquanto outro fotografava bem em close. Ela estava toda melada. Um deles lá atraz falou:

-Manda foto do cuzinho ela para a punheta ser mais fácil. Kkkk.

Me Colocaram de quatro, levantando somente a sainha curtinha que estava, tirando plug anal bem de vagarzinho enquanto eu fechava os olhos de tesão. Um de cada lado abriu o meu reguinho enquanto o fotógrafo mandava a foto o watsap.

 

Dali pouco veio a resposta, e eles morriam de rir:

– Mor, como vc consegui tirar a foto tão bem assim, que close perfeito. Vou bater uma aqui por você.

Eles responderam: – Pode bater mor, bate. Tenho muita coisa para fazer aqui ainda hoje. Beijos na sua rolinha. – E morriam de rir. Como homem pode ser safado, se divertindo com o chifre alheio.

 

Depois das festas colocaram aqueles funks bem safados e subi na mesa de centro, ainda toda com roupa, mas somente sem o meu pluguinho. Não sei dançar funk muito bem, mais com a roupa que estava qualquer rebolada dava para ver o meu rabinho e isso era suficiente para deixar a homarada loura.

– Puta, Puta, Puta do corninho. – Era o coro deles.

Dai eu me soltei: – Ninguem vai mostrar o caralho para a putinha aqui não. Eu vim aqui para receber muita pica e eu só gosto de pica dura, muito dura

– Safada mesmo. Vem cá chupar a minha piroca vem. – Disse o primeiro a apresentar a pica para fora. Era uma rola de uns 16cm. Desses que entram no meu rabo de uma talagada só.

 

Foram um a um tirando a roupa e ficando nú na sala enquanto eu chupava a rola daquele, que a primeira vista deveria ser o mais velho e mais rico também. Chupava a rola dele sentado no sofá e com as pernas abertas e a sainha levantada mostrava todo o meu rabinho para o restante dos machos. Acho que eles deviam ter algum ritual, pois ninguém meteu rola para dentro. Sentaram todos no sofá enquanto eu passava de rola em rola chupando. Os danados comentavam as outras putas que tinham trazido ali, e de que eu era a primeira casada a estar ali.

 

Quando terminei de chupar o ultimo me levantei, subi novamente na mesa de centro e comecei o ritual de tirar as roupas, tirando bem de vagar uma a uma.

– Vai puta, tira logo que queremos te meter rola. – Olhando uma a uma das picas, percebi que eram todas bem pequenas, tipo 15/16 cm. O maior era o do meu cheque que devia ter uns 17cm. Pensei, desses ai eu trepo com umas 100, e logo fiquei aliviada, pois sabia que provavelmente os 8 queriam era me enrabar. Fiquei completamente nuazinha, somente com um echarpe de oncinha. E pedi:

– Agora eu quero rola de verdade, uma em cada buraco. E aqueles que sobrarem quero que tirem fotinhas de tudo. E fui para quarto. – Logo foram quatro atraz de mim. Deitei na cama com as pernas abertas e o primeiro veio logo chupando a minha perseguida, que estava toda meladinha. Só ouvia ela me chupar igual um urso em cima do mel. Outros dois, um de cada lado me deram a pica para chupar. Chupava um como sempre faço, melando bem o saco enquanto batia punheta em outro. E assim ia trocando. Só se ouvia gemido. Caralho, mas como esse primeiro chupava gostoso, dali a pouco eu que não aguentei e comecei a gritar de tanto tesão, gozei ali mesmo na boca do safado. Ela saiu de cima e disse:-

– Meu, vcs precisam experimentar a buceta dessa mulher, é gostosa demais.

Foram se chegando os outros e eles revesavam em chupar minha buceta, meu cuzinho, meus seios ou dar a piroca para eu chupar. Eu ali abertinha, com muito tesão gozei umas 5 vezes. Foi quando no final de uma dessas gosadas um deles lembra:

– Caramba, estamos esquecendo do punheteiro, precisamos mandar uma fotinha para eles. – E sem vergonha sem nada bateram uma foto e mandamos para meu marinho que se não soubesse de tudo iria bem perceber que a perseguida estava usada. Kkkk. Outro logo lembro do trato.

– Agora quero ver se você é uma boa puta mesmo, liga para o maridinho que vou te enrabar.

Mal fiquei de quatro na cama, o senhor colocou a camisinha, passo KY no meu rabo e foi logo socando meu cú, sem dó, como eu adora. Home que enfia sem dó no rabo da putinha. E é claro que depois de tanto gozar meu cuzinho já estava todo aberto.

– Mor, tudo bem, recebeu minha última fotinha, recebeu? Seguinte, tenho muitas coisas ainda para fazer aqui, Estão entrando outras coisa que preciso fazer e não vou consegui voltar ainda, te ligo daqui a pouco. – Enquanto falava isso o danado do safado socava bem no fundo do meu cú que dava para sentir os pelinhos do seu saco roçarem a minha bundinha. E isso me deixava ainda mais louca de tesão.

– Vai agora eu quero todo mundo me fudendo de verdade, porque sou puta ou não sou. E eles riam da minha putaria.

Fui um tal de sentar no pau de um enquanto outro comia minha buceta, pois paus na boca ao mesmo tempo, enquanto sempre tinha alguém tirando foto dos que eu fazia. Como meu celular é da google e as fotos vão para nuvem e meu corninho tem acesso, quase que instantaneamente a foto ser tirada meu corninho já podia ver o que eu estava fazendo. E eu pedir mais.

– Vai, quero mais pica, mais pica. – Um no cú, outro na buceta, outro na boca e ainda batia a bunheta de mais 2. Nunca me sentia tão desejada, com todos os buraquinhos preenchidos.

 

E nessa hora eu ainda levanta as pernas, sentada completamente em uma das picas, para ficar ainda mais putona. Ficamos assim por 2 horas, revezando entre um em cada buraco. Quando já estávamos todos a ponto de gozar eles me falar.

– Agora vc vai para sala que vamos lhe dar uma banho de porra que vc nunca recebeu.

– Isso eu quero filmado, o meu bukkake de puta. – E deram mesmo. Foi porra para todo lado, no meu óculo, na minha cara, nos meus peitos. Escorriam tudo pelo meu corpo e eu pedi mais porra, mais porra. Gozem, mais, gozem. Eu amo ser esporrada. Passava o dedinho naquela porra espessa e levava a boca, fazendo carinha de safadinha. Eles iam a loucura. Para finalizar pediu uma fotinha de cada pica do lado do meu rostinho. 4 deles se despediram e já foram embora.

 

Acho que devia estar votando para casa. Os outros quatro, como ainda era 21:00h perguntaram.

– Precisa ir embora ou dá para dar mais uma trepada. – Eles era muito gentis. Meu corninho ia gosta deles.

– Dá sim! Perai.

– Mor, sei que é tarde, mais logo logo chego e faço aquele boquete que você tanto ama.

– Claro mor. Sem problemas.

 

Desliguei e fomos novamente para cama, e assim foi, rola no cu, rola na buceta, gozada na cara, no peito, na bunda. Realmente fui usada neste dia. Lá pelas 10:30 resolvemos ir embora. Meu chefe perguntou se eu queria tomar banho e disse que estava com pressa. Só passe um papelzinho no corpo e fui embora. Nem sei o que ele pensou, mas na verdade estava mesmo era querendo levar aquele cheirinho de sexo para meu marinho me foder gostoso.

 

Cheguei em casa as 23:30, toda usada, com o cuzinho todo arregaçado, mas muito feliz e ele mais ainda, estava vendo as fotinhas no Chromecast. E foram muitas fotos, umas 300 pelo menos. O que não é tecnologia, né.

 

E assim foi a suruba mais gostosa até então e agora já são 37 machos que estiverem dentro de mim. Uns no cuzinho, outros na buceta e outros apenas na boca, mas o único macho que amo mesmo é o meu corninho que fica feliz em me ver usada por outros homens. Por isso que toda vez que chego em casa deixo ele me fuder como gosta, de quatro no chão da sala igual a cachorrinho, segurando forte nas minhas ancas e enfiando fundo sua “rolinha”. Esperem que tenham gostado.

102721
-
100%
Rates : 84041
Related videos
5 comments
    Responder
  1. José Carlos (21986483952) / 12 de abril de 2017

    Muito bom

  2. Responder
  3. IRVING RODRIGO (62984857025) / 12 de abril de 2017

    Muito bom.

  4. Responder
  5. Joseph (62984857025) / 15 de abril de 2017

    Também comeria essas duas bem gostoso.

  6. Responder
  7. bahia (74999397526) / 16 de abril de 2017

    Muito bom novinha do zap espetacular as novinhas 😍

  8. Responder
  9. Paulo Júnior Honorato (11957772363) / 17 de abril de 2017

    Eu queria uma novinha do whatsapp pra fuder comigo seria muito bom

Deixe seu comentário